Categorias
Tecnologia

Redragon Varuna – Um teclado competente

Depois de um ano digitando num teclado mecânico, escrevo aqui uma resenha hiper-pessoal sobre o Redragon Varuna, um mecânico bom e barato!

No ano passado, eu comecei a procurar por alternativas melhores para digitar e ter algum desempenho melhor em jogos. Pela primeira vez na minha vida, eu comecei a dar uma importância maior ao teclado do computador, uma coisa que eu sempre comprei o mais barato, pois eu já sabia que em algum momento eu teria que comprar outro. Acabei pesquisando por teclados mecânicos, o tipo mais querido por gamers. Acabei chegando ao Redragon Varuna, um teclado barato e competente. Neste post, eu conto um pouco sobre a minha experiência, depois de um ano de uso.

O que me chamou a atenção no Redragon Varuna, na época em que eu o adquiri, foi o preço. Na loja, estava saindo por algo entorno de 240 reais. Hoje, no entanto, procurando bem nas lojas especializadas, pode-se encontrar outros teclados mecânicos mais baratos. Porém, de marcas que eu nunca ouvi falar. Pode-se não ser a principal marca gamer, mas ao menos eu tinha ouvido falar na Redragon antes.

De início, assim que eu o abri e o conectei ao meu computador, eu senti o baque. Até então, eu nunca tinha tido contato com um teclado mecânico na vida. Até então, minhas noites de digitação foram com teclados de membrana extremamente baratos e com uma péssima digitação, ou com o teclados tesoura de notebooks, deliciosos para digitar longos textos. Guardo boas lembranças de ambos.

Redragon Varuna e teclados mecânicos: O melhor teclar?

Para o meu primeiro contato com este novo tipo de “teclar”, posso dizer que foi amor a primeira vista. Primeiramente, por conta do teclar mais macio do que eu estive acostumado até então. Segundo, por conta da rápida resposta em games, a contar não só o tempo de resposta, mas principalmente a tecnologia anti-ghosting nas teclas, que permitem que mais delas sejam reconhecidas, ao serem acionadas, ao mesmo tempo. Isso é algo muito importante em vários jogos. Os switches Outemu Blue do teclado me trazem um digitar macio, quando estou a escrever os textos da NerdMachina, e uma resposta melhor nos jogos, principalmente os que me exigem fazer vários tipos de movimento simultâneos.

Além disso, o teclado possui RGB. Para um teclado gamer, é quase que um requisito básico, apesar de ser absolutamente nada importante para qualquer outro aspecto do seu uso. No entanto, essas luzes adicionam uma característica tão difícil de encontrar em teclados mais baratos: Retroiluminação. Você pode ter um mapeamento de todas as teclas de letras na sua mente, mas experimente teclar o F7 do seu teclado sem olhar. Com luzes, torna o seu uso melhor em ambientes com pouca ou nenhuma luz. E, para além disso, há 16 diferentes combinações de cores para o teclado executar.

A adaptação demorou um pouco. Teclados mecânicos são bons, mas também tem suas desvantagens. A principal delas, para mim, foi sua altura.

Mesmo com um apoio de pulso que eu uso desde o início, até hoje tenho problemas com a digitação. Meus pulsos começam a doer rapidamente. A título de observação, no momento em que digito este texto, meu pulso da mão esquerda já começa a doer.

A altura complica (um pouco)

A altura do teclado não ajuda muito para digitar sem um apoio de pulso. Da mesa até o topo das teclas, eu contabilizei algo entorno de 3,5 centímetros. Em um teclado de membrana comum que eu possuo, contabilizei algo entorno de 1,5 centímetros. Agora pense em apoiar seus pulsos na mesa e começar a bater em teclas que estão 3,5 centímetros acima?! Apesar disso, talvez isso possa ser remediado com um apoio ergonômico de pulso melhor. O meu atual também não foi algo caro, nem é um apoio largo. Se ele fosse maior, talvez essas dores pudessem ser mitigadas.

Depois de um ano, sinto que foi um investimento muito interessante. Apesar da digitação barulhenta e o teclado ser alto, é melhor do que qualquer outro teclado que eu já tive na minha vida. Se você está a procura de um teclado mecânico, e não quer gastar muito, o Redragon Varuna é uma boa escolha.

Por Henrique Picanço

Estudante de jornalismo, apaixonado pela cultura geek há muito tempo. Comecei a gostar ainda na infância, dos super-heróis animados pela manhã. Na adolescência, me voltei para os animes e mangás e, recentemente, comecei a me interessar realmente por Marvel, DC, Star Wars e companhia bela.