Categorias
🗼 Tokyotopia

5 Centímetros por Segundo – Shinkai ao serviço!

Finalmente percebi que não estou pronto para histórias que fogem do água-com-açúcar, ao assistir a “5 Centímetros por Segundo”!

Muito antes do hit Kimi no na wa, Makoro Shinkai já vinha mostrando o seu talento para fazer o público chorar de soluçar. Isso se comprova ao ver o filme 5 Centímetros por Segundo, que foi produzido no já distante ano de 2007.

Esta obra de Makoto Shinkai conta uma história de amor em três atos que, com o passar do tempo, vai se mostrando muito mais profunda do que qualquer filminho romântico de Sessão da Tarde aos quais estou acostumado.

Eu poderia me aprofundar na arte, para falar sobre como o Makoto consegue passar cenas incrivelmente realistas em suas animações. mas isso seria reafirmar o óbvio. Afinal, é do Makoto Shinkai de quem estamos falando. Prefiro me ater a história (parte pela qual mais me encantei). Então, se você ainda não assistiu ao filme, assista ANTES de ler as seguintes linhas. Não me culpe por um eventual spoiler.

Na primeira parte, somos apresentado ao começo do romance entre os dois personagens principais. Logo somos apresentados à Takaki, um garoto apaixonado que decide viajar sozinho pelo Japão, para encontrar Akari. Eu não me imaginaria viajando pelo país, sozinho, atrás de alguém. Mas o problema não mora aí. Ele é uma isca para nos prender a história e prestar atenção em cada próximo movimento de “5 Centímetros por Segundo”. Principalmente no parte final.

Cada vez mais distantes, os dois já não são tão próximos. É como ele bem lembra, passaram-se mil e-mails e a relação dos dois não aproximou-se nem mais um um centímetro. É como se não houvesse uma forma de continuarem a se amar.

Talvez, Akari estivesse mais pronta para isso do que Takaki. É nítido o quanto ele não evoluiu neste meio tempo, enquanto ela seguiu em frente. A metáfora do trem ao final da história mostra de forma muito clara essa diferença. A forte depressão na qual Takaki se afundou é também uma lástima. Por um momento, devo me culpar, pensei no quanto Akari teria sido ruim, nesta questão. Até que me dei conta: Ela fez o correto, o errado era Takaki. Talvez eu tenha me ligado a forma como ele a amou muito mais do que a forma como ela o amou. Sei lá, memórias frias e sombrias que não vêm ao caso desse post.

Ao fim, tudo o que eu fiquei pensando era no quanto esse filme é triste. E o quanto esse filme foge às nossas expectativas. Ao quanto pode-se esperar que, do nada, Akari lembre-se de Takaki e desista do seu casamento. Apenas lembra-nos o quanto a vida real é mais parecida com esse filme do que com aqueles shoujos que nós tanto queríamos viver.

5 Centímeros por Segundo é um filme que pode deixar o espectador completamente sem chão, ao terminar. Mas também mostra todo o talento de Shinkai em como trabalhar emoções tão humanas, com tinta e papel. Depois de absorver este filme, não é tão irreal o sucesso que ele alcançou em Kimi no na wa.

8/10


5 Centímetros por Segundo, atualmente, não se encontra em nenhum serviço de streaming legal. Porém, você deverá achar cópias do filme de ~outras formas~.

Se você tiver alguma sugestão de pauta para a NerdMachina, entre em contato!

Por Henrique

Tudo começou a desmoronar quando, aos 15 anos, fui aconselhado a assistir "Death Note" na Netflix, recém-chegada ao Brasil na época. Desde então, venho manejando minha lista de waifus mês após mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *